Pentium G4560: processador barato é bom para games?


A sétima geração de processadores da Intel chegou com novidades em todas as séries de CPUs da marca, mas é entre as opções de entrada que estão os chips mais interessantes, como o Core i3 7350K, que traz o suporte ao overclock pela primeira vez a um i3, e o Pentium G4560, primeiro Pentium a contar com o recurso Hyper Threading, que dobra a quantidade de núcleos da CPU, permitindo desempenho bastante superior. 

A seguir, você vai conhecer o Pentium G4560 em maiores detalhes, saber quem são seus rivais e como ele se compara a eles, além de ter uma ideia clara sobre a relação de custo-benefício da nova CPU da Intel.


Desempenho


O Pentium G4560 é um processador dual-core, mas graças à tecnologia Hyper Threading, ele pode simular mais dois núcleos, se comportando como um quad-core em determinadas situações. Essa característica era inédita entre os Pentium da Intel e dá ao G4560 uma margem muito superior, em termos de performance, aos demais Pentium e Celeron.

Em termos de velocidade, 
o Pentium G4560 pode chegar a 3.5 GHz, dissipando um total de 54 watts de energia em situação de demanda máxima. Integrante da sétima geração da Intel, a CPU pode gerenciar memórias tipo DDR4 e conta ainda com uma GPU Intel HD Graphics 610, que oferece suporte à reprodução de mídia em 4K (será necessário, no entanto, uma porta HDMI 2.0 no computador).


Pentium G4560 e seus rivais


O FX 6300 da AMD é um processador de seis núcleos, de tecnologia defasada, mas preço competitivo e ideal para a montagem de PCs mais acessíveis. Em diversos testes e comparativos, o Pentium G4560 supera o processador da AMD em termos de desempenho, tudo isso com preço inferior e consumo de energia consideravelmente menor. Outro processador que pode ser comparado ao baratinho da Intel é o Core i3 6100, da sexta geração, demonstrando desempenho equivalente, ou superior. Em relação a outro produto de destaque entre as linhas de entrada da sétima geração da Intel, o Core i3 7350K, que permite overclcock, a comparação ainda é positiva: o Pentium pode chegar a 80% da performance do i3, mas a 33% do preço do 7350K.



Pentium G4560: vale à pena?


Se o orçamento é mais apertado, o Pentium G4560 é um dos principais candidatos para conquistar espaço no seu computador: com fôlego suficiente para rodar games atuais sem comprometer o desempenho, - desde que pareado com uma placa de vídeo ao menos intermediária - o Pentium G4560 é uma boa escolha, se investir muito numa CPU não é o seu objetivo no momento.
Já disponível no Brasil, o dual-core da Intel pode ser encontrado no mercado nacional por R$ 250. O Core i3 7350K, outra proposta de baixo custo interessante da atual geração da Intel, sai por R$ 790. O FX 6300, inferior em desempenho e em tecnologia, é até mais caro que o Pentium, com preço a R$ 380.


O processador ideal?


O Pentium G4560 é competitivo diante dos Core i3 de gerações anteriores da Intel, não faz feio se comparado ao melhor i3 disponível na atualidade e deixa para trás com facilidade as opções de baixo custo da AMD disponíveis no momento (lembre-se que a chegada dos Ryzen R3 e R5, só ocorre nos próximos meses), tudo isso numa faixa de preço extremamente competitiva.
É uma das principais CPUs do mercado na atualidade, tanto para gamers que não querem gastar muito como para usuários comuns, interessados em uma relação de custo-benefício interessante para o seu computador.

Pentium G4560: processador barato é bom para games? Pentium G4560: processador barato é bom para games? Reviewed by Hg Admin on 20:11 Rating: 5

Nenhum comentário