Uber testa estimativas de trânsito com base em informações próprias


Não faz muito tempo que a Uber passou a utilizar um valor fixo para as corridas, levando em conta a previsão de trânsito entre o início da viagem e seu destino. A empresa sempre utilizou dados coletados pelo Google para isso, mas agora está trabalhando com fontes próprias e que vem de dados dos próprios motoristas, dentro de um projeto chamado Uber Moviment.

Com o novo método, a Uber utilizará dados coletados dos celulares dos parceiros que utilizam a plataforma para saber se há, ou não, trânsito na região. Além disso, a média do horário também será levada em conta, como a certeza de mais trânsito nos horários de pico, contra ruas menos congestionadas fora deste período do dia.

Para deixar esta informação mais transparente, já está em teste um traçado provável de rota que exibe cores que variam de acordo com o trânsito, de forma bastante semelhante ao que o Google Mapas faz. Passar estes dados ao usuário tem como objetivo deixar bem claro o motivo do valor mais alto que será cobrado, além de dar oportunidade para que outro método de transporte possa ser levado em conta – como alugar uma bike, pegar um ônibus ou ir de metrô.

O novo método pode ser interessante, mas o Google já tem essa informação de todos os motoristas que utilizam um Android, por exemplo – o que certamente oferece maior precisão de que o trânsito existe mesmo. A diferença é que com dados coletados dentro da própria empresa, a Uber não precisa depender de terceiros para isso.

fonte: tecnoblog
Uber testa estimativas de trânsito com base em informações próprias Uber testa estimativas de trânsito com base em informações próprias Reviewed by Hg Admin on 19:54 Rating: 5

Nenhum comentário